segunda-feira, 11 de julho de 2016

Campanha destinada ao tratamento intensivo do príncipe Arthur.

Campanha destinada ao tratamento intensivo do príncipe Arthur... És um menino iluminado, cheio de amor, com um sorriso lindo, e atualmente tem 4 aninhos. Nasceu com paralisia cerebral do tipo tetraplégica espástica, sem movimentação voluntária até o momento, não consegue segurar o pescoço, nem o tronco, e está precisando muito da ajuda de vocês para fazer consultas e exames a cada 6 meses e tratamento intensivo devido às suas limitações. O príncipe Arthur precisa fazer consultas com médicos neurologista, ortopedista e oftalmologista regularmente. E precisa ser acompanhado por fisioterapeuta, nutricionista e fonoaudiólogo. Porém, a família do Arthur não tem condições de arcar com essas despesas. Nos últimos dias, o príncipe Arthur apresentou vermelhidão e saída de secreção (lágrima grossa) dos dois olhos, e precisa fazer uma consulta com o médico oftalmologista urgentemente para saber se tem alguma bactéria no olho, e se precisa de cirurgia. A mamãe do Arhur se chama Lucélia e mora em Parnaíba, no estado do Piaui. Essa cidade não possui o tratamento para o Arthur, e a mamãe e papai do Arthur precisam levá-lo até Teresina, capital do Piaui, pois é o único lugar que faz esse tipo de tratamento (Therasuit). Porém esse tratamento custa 8.400,00 as 20 primeiras sessões + uma avaliação de 200,00, totalizando 8.600,00. Após esses 20 dias de tratamento, ocorrerá o tratamento por 2x por semana com duração de 3 horas, e cada sessão custa 420,00. Arthuzinho ainda necessita de óculos de grau, cadeira de rodas adaptada e órtese (tala) para braços e pernas. Quem tiver condições e quiser ajudar esse príncipe lindo ficaremos muito gratos. E Deus ficará muito feliz em ver um filho praticando a caridade.
Conta poupança \ Banco do Brasil José Arthur Silva Cerqueira Agência: 3137-2 Conta: 28.332-0 Variação: 51 Conta poupança \Caixa Econômica Lucélia Sampaio de Cerqueira Agência: 4446 Operação: 013 Conta : 10224-3


visite nossa pagina

Um comentário :

luzilene araujo disse...

Número da conta bancária pra ajudarmos???